Fazendo Caminho I <$BlogRSDUrl$>

domingo, março 07, 2004

Aqueço-me a um fogo
que só a minha
respiração ateia
Ao sabor dela
se expande e contrai
o círculo de luz
em que armo a tenda
Acaba aqui o rasto
Meu clã deixou-me
este lote de bruma
Com a manhã sobrevém
uma pausa
encho-a até acima
de víveres, lenha
Na terra saciada
de sua forma
a cada giro
volve o instante
de reacender o lume
que detém por agora
os lobos.

Sebastião Alba
Uma Pedra Ao Lado da Evidência

Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$>

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

on-line