Fazendo Caminho I <$BlogRSDUrl$>

terça-feira, dezembro 16, 2003

Beethoven nasceu, provavelmente a 16 de dezembro de 1770.

SEBASTIÃO ALBA


/275/

A morte daquele gajo ainda me não passou. Este circuito de idiotas em Lisboa. A minha vida confundida com a deles; tudo isso e os patrões continuando, cá, e nós a servi-los. Que tal o abandono sub-reptício, só para ver como se portam destribados, sem os cavalos que somos?
-(Uma boa sonata de Beethoven ajuda a cruzar a noite...
200 anos depois, comovido.
"Sonata Primavera"; estou a ouvir o 2º movimento - dum rigor estonteante. Filho da mãe.)

Sebastião Alba
Albas



/131/


Tina:

Amanhã faço 56 anos. Dizem-me que a minha colectânea de poesias já está composta na "Assírio & Alvim". Devo isso (e o subsídio) a grandes poetas portugueses, vivos, como Herberto Helder, que só vi uma vez. Estão a preparar entrevistas. Não comparecerei. O meu despojamento é um processo de deseducação: tento identificar-me com seres como o vosso Miguel. E não consigo! Mas já só me comovo quando vejo um pobre animal atropelado, na estrada, ou oiço um dos últimos quartetos de Beethoven.

...................
.........................

Sebastião Alba
Albas


/178/
"Agarro-me a Deus como se fosse uma rocha"
(Beethoven)


Tina:

Quando a morte dos nossos pais te perturbar muito, passa por uma casa de discos, pede a "Sonata ao Luar" (não foi ele que lhe deu o título), de Beethoven. Ouve bem os acordes iniciais do 1º movimento, atenção à mão esquerda, de Beethoven...
Ele está a infundir-nos uma calma que nenhum de nós (porque não temos o seu génio) entende bem.
Mas penso que o que nos diz é: havemos de lembrar-nos tanto de ter morrido como de nascer.
Não te importes com críticas.
Lembras-te do que dizia Einstein? Com uma inteligência conceptual que excedia a de Galileu e de Newton (Einstein talvez seja o maior físico de sempre) respondeu, certa vez, à pergunta de um repórter: "desde que os matemáticos começaram a pegar na minha Teoria da Relatividade, já nem eu a entendo".

Sebastião Alba
Albas



Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$>

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

on-line