Fazendo Caminho I <$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, novembro 05, 2003

Florbela Espanca e Rui Knopfli, dois poetas que se encontraram em Vila Viçosa, ao morrer. A primeira nascida a 08 de Dezembro de 1894, em Vila Viçosa e o segundo a 10 de Agosto de 1932 em Inhambane, Moçambique.




ÁRVORES DO ALENTEJO



Horas mortas...Curvada aos pés do monte
A planície é um brasido...e, torturadas,
As árvores sangrentas, revoltadas,
Gritam a Deus a benção duma fonte!

E quando, manhã alta, o sol posponte
A oiro a giesta, a arder, pelas estradas,
Esfíngicas, recortam desgrenhadas
Os trágicos perfis no horizonte!

Árvores! Corações, almas que choram,
Almas iguais à minha, almas que imploram
Em vão remédio para tanta mágoa!

Árvores, Não choreis! Olhai e vede:
- Também ando a gritar, morta de sede,
Pedindo a Deus a minha gota de água!


Florbela Espanca

Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$>

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

on-line